Ação Cidadania e Gestão Ambiental: Código Florestal em perigo

Código Florestal em perigo

on terça-feira, 5 de abril de 2011



Brasília resolve anular relatório de crime contra a humanidade



Leia a primeira parte: "A Turma da Mônica está de luto"



Há um alento. Uma esperança de consciência e racionalidade se esboçando pelos lados de Brasília.

Os líderes dos partidos da Câmara dos Deputados, que há dias se descuidaram e permitiram que somente partidários da devastação das florestas votassem o relatório alterando o Código Florestal, concluíram que a votação da monstruosidade no próximo dia 24 "seria muito perigosa".

Talvez não contassem com a mobilização espontânea da opinião pública contra a tentativa de desertificação do país.

Agora propõem a anulação do incrível relatório (que, apesar de anulado, vai se constituir numa mancha indelével na nossa história política) e a reedição da medida provisória que, desde há alguns anos, mantém (legalmente) a proteção de 80% das florestas da Amazônia e 50% do cerrado.

Segundo consta, a base das alterações será a proposta apresentada pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), exaustivamente discutida com vários setores da sociedade... e jogada no lixo quando da última discussão da comissão mista (?) que ameaçou a sobrevivência das florestas. Mas os mesmos "elementos" que votaram a alteração monstruosa do código continuam ativos, os mesmos líderes partidários que, " no mínimo", se alienaram da causa da proteção ambiental, continuam a perambular pelos corredores do congresso no embalo de interesses políticos.

E como dizia minha avó: "cesteiro que faz um cesto, faz um cento".

Devemos continuar atentos, vigilantes...

Uma câmara que permitiu essa ameaça tem que ser acompanhada de perto.

Afinal, fomos nós que indicamos os deputados e senadores que lá estão e que agora se distraem ou se alienam das causas que dizem respeito à nossa sobrevivência e soberania.

São nossos representantes... enquanto nos representarem realmente.

Vamos acompanhar o desenvolvimento das conversações, alterações, sugestões ligadas ao Código Florestal e vamos, também, nos colocar lado a lado, e ao lado da mesa de cada deputado, de cada senador, para que leis, decretos, medidas provisórias contem com nossa participação e concordância. Democraticamente.


*Se você tem sob sua guarda e responsabilidade uma ou mais crianças ameaçadas pela destruição do meio ambiente, informe-se de como pode participar da mobilização em favor da defesa e conservação das florestas, dos rios, da atmosfera.

E explique a essas crianças, numa linguagem acessível e carinhosa, que estamos, todos, lutando para que elas tenham uma qualidade de vida melhor, mais decente, quando se tornarem adultas.


Fonte: http://www.monica.com.br/mauricio/cronicas/cron194.htm e  you tube.


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...